JÓIAS de CAMAFEU

Depois de séculos de história, jóias de camafeu retomam o centro do palco.

Quando a diva do tapete vermelho, Cate Blanchett, compareceu à estreia do filme Joker no Festival de Veneza, foram os seus brincos que chamaram toda a atenção.

A atriz usava um par de brincos com impressionantes aparições esculpidas à mão com base em Pensive, um auto-retrato da artista americana Cindy Sherman.

Cate Blanchet – Crédito da foto Revista Vogue

“Adoro pegar nas coisas mais tradicionais e modernizá-las para lhes dar uma nova dimensão e voz”, diz Liz Swig sobre as suas jóias.

“Por muitos anos, o camafeu tem sido considerado bastante antiquado. Eram vistos como a reserva de joalharias das tias-avós e símbolos do mau gosto vitoriano. No entanto, estamos a presenciar um renascimento distinto na apreciação do camafeu, demonstrando o quanto as pessoas melhor prececionam a antiguidade desta forma de arte e a imensa habilidade necessária para criá-los.”

An agate cameo of Aurora in her Biga by Tomasso Saulini (1793 – 1864). Wartski, London

Atualmente, os joalheiros contemporâneos principais têm vindo a incorporar nos seus novos projetos a gravação de antigas gemas, dando origem a verdadeiras obras de arte em brincos, medalhas e outras jóias.

Adotando esta prática, também na E-joias pode encontrar tamanhas obras de arte. Visite-nos em E-joias.pt e descubra!

Deixe um Comentário